TIRO PELA CULATRA!

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

O tablóide chapa-branca que circula no 2º distrito sob o pomposo e imerecido nome de Jornal de Tamoios, voltou a atacar a família de Alan do Chaparral. Por felicidade este lixo não chega até nós aqui no centro de Cabo Frio – nós já temos nossa própria cota de jornalismo de quinta “catiguria” e mediocridade…

Pelo que tenho ouvido dizer o Cabral de Tamoios, também é patrocinado pelos cofres públicos e é apadrinhado com matérias pagas pelo dublê de deputado Janio (que também é) Mendes. Ou seja, não muito diferente do Cabral daqui, sendo a única diferença entre os dois “Cabrais”, que o de lá é o “primo pobre”, que recebe as migalhas do que não é gasto com o daqui.

O mais curioso nesta lambança midiática, porém, é que os ofensores não seguem seus próprios preceitos, que são pautados pelo “falem mal, mas falem de mim”. Como o próprio Jânio me disse certa vez , e com todas as letras: “o importante é ficar sob os holofotes, o maior tempo possível”. Como o próprio Alan pôde constatar a exposição, por mais virulenta, inverídica e nojenta; que o tal jornaleco vem fazendo sobre ele e sua família, ao invés de afastar as pessoas está produzindo o efeito contrário. Pois, vinda de quem vem, a ofensa se transforma em elogio!

O tal Cabral de lá não só está fazendo um favor a Alan, como ainda pode (e deve) ser penalizado por isso – e possivelmente tenha que arcar com todos os ônus financeiros e jurídicos sozinho. Não deixa de ser cômico!

Em todo caso, minha total e irrestrita solidariedade a Alan e sua intrépida Katyuscia! Vamos em frente!

Esta entrada foi publicada em BLOGUICES - o que rola pelos blogs, SÓ PRÁ CHATEAR.... Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a TIRO PELA CULATRA!

  1. beth disse:

    Caro Gilmar,
    Seja qual for o tipo de relacionamento que o Sr. Carlos Cabral tinha ou tem com o Alan, nada justifica as acusações e a baixaria que ele expóe no “jornal”. Mesmo que ele tivesse ( e parece que não tem) provas do que diz, deveria ter respeito por seus leitores e abordar o assunto de outra maneira. Não tenho conhecimentos profundos sobre Tamoios, mas pelo que me foi comunicado por muita gente que considero e respeito, e que vive há muito tempo no segundo distrito, o Alan está sendo um instrumento (vítima) de uma guerra que não é dele. Quanto a você Gilmar, me desculpe mas não o conhecia nem de ouvir falar – quem lê isso pode imaginar que estamos em Estados diferentes e não a apenas uns poucos (mas sofridos) quilômetros de distância. Em todo caso, e exatamente por não conhecê-lo jamais mencionei o seu nome. Com respeito a Jânio Mendes, ele é meu vizinho – moramos à 200 metros de distância há mais de 12 anos, e no passado já votei nele e ele só faz me decepcionar. Eu já disse isso a ele olho no olho, não somos amigos, e apesar das minhas críticas ele continua me cumprimentando e sendo muito gentil quando me encontra. Jamais me filiei a nenhum partido, de modo que não tenho compromissos que éticamente me impeçam de opinar sobre qualquer político ( partidos para mim são uma abstração).
    Agradeço sua gentileza em se apresentar a mim, e em “abrir seu coração”, e só não vou publicar este e-mail como direito de resposta, posto que seu nome nunca foi citado por mim. Caso o sr. Cabral ou o próprio Janio (seu representado) desejem se manifestar sobre qualquer das minhas postagens sobre eles meu endereço de e-mail está visivel para todos, e será dado direito de resposta – sempre e quando os textos venham em um linguajar civilizado.
    Desjo-lhe exito em seu fazer jornalístico, e se desejar me enviar alguma matéria que não se configure em propaganda eleitoral ( estamos em campos opostos, pois meu voto é para Alair Corrêa), terei o maior prazer em publicar.
    Atenciosamente
    Beth Michel

  2. Gilmar Aguiar disse:

    Prezada Beth
    Em Tamoios, por motivos que todos nós sabemos, os jornalecos daí também nunca foram distribuídos aqui. Eu nisse nunca. Nunca nos foi dado o privilégio de acompanhar oas notícias do 1º Distrito. Temos aqui três periódicos, o Tamoios, O Fala Sério e o Jornal O Sol. O Fala Sério é o mais independente dos três, talvez por ter suas raízes em Búzios. Sou colunista do Tamoios desde que fundei o Movimento Voto Vivo e para quem acompanha minhas colunas fica claro que, desde que escrevi a 1ª linha em Novembro de 2008, sou independente e oposicionista, mesmo assim tenho sido respeitado pelo editor. Tanto é fato que quando Alan, Katiuscia e o próprio editor insistiram para que eu participasse do grupo que se aproximaria do governo para projetar um de nós a vereador (ATHOS) eu recusei. Primeiro porque não sou candidato e segundo se o fosse jamais seria pelo governo (entre nós, só eu era de oposição). Literalmente, o que lhes disse na época foi foi que meu problema com este governo é orgânico portanto, sem chances de qualquer aproximação.
    Conheço muito bem a origem das divergências entre ambos, posso garantir que nasceu numa malograda sociedade na TV Tamoios onde o próprio Alan lutou para criar (onde, longe de apoair os ataques que ele vem sofrendo, acho que ele não deveria ter feito as declarações de milicianos envolvidos na TV, coisa que não é verdade, já que ele próprio junto com Cabral procurou o governo). Nada disso ajuda Tamoios e estamos vivendo um triste momento no qual não temos nada que nos orgulhar.
    Porém lhe escrevo para esclarecer as matérias relacionadas a Jânio Mendes. Todos sabem que sou pedetista, fui coordenador de Jânio em 2008 e estive no Psol em 2010, partido que deixei por não conseguir trazê-lo para coligação com o PDT e como colunista do jornal critiquei pessoalmente o editor por estar veiculando somente matérias relacionadas ao governo e passando uma falsa imagem que está tudo bem no distrito e como jornalista ele deveria abrir espaço para outros políticos da região que também estão trabalhando pelo nosso distrito. Afinal, essa é a função de um jornal e o Jânio tem trabalhado bastante na região. Foi dessa forma que consegui o espaço para o nosso deputado neste jornal. Ao contrário que se tem publicado que Jânio participa do oba-oba midiático governista. Sou o responsável pelo espaço de Jânio no jornal Tamoios. Fiz o que qualquer partidário faria pelo seu partido, alertei que meu político também trabalha e merece espaço, tendo hoje reais chances de se tornar prefeito. Fiz a minha parte.

    Atenciosamente
    Gilmar Aguiar.